A expressão Call to action (CTA) significa chamada para ação, e mesmo que você não tenha notado, estão presentes no seu dia a dia. Por todos os lados somos impactados por mensagens que nos pedem uma atitude. Seja um “Entre”, ou um “Sorria, você está sendo filmado” e até mesmo um “Confira se o elevador está no andar”. 

Na internet, também encontramos estas orientações. Assim, a função do CTA é guiar o visitante para uma ação que você, como empresa, deseja que ele faça. 

O call to action pode aparecer de várias formas. Numa página por meio de um botão clicável, num e-mail marketing ou links em arquivos PDF. Neste texto, eu vou explicar a importância dele, bem como exemplos de sua aplicação.  

Agora, se você acredita que suas dificuldades no marketing digital vão além do uso ou não das chamadas para ação, clique agora na imagem abaixo e faça um diagnóstico completo da sua estratégia (Sim, isto foi um call to action). 😉

 

Para que serve a call to action? 

O call to action sugere uma ação ao visitante ou lead enquanto ele navega no seu site. Ou ainda, nos materiais recebidos por e-mail. Em outras palavras, ele serve para direcionar o tráfego do público que você quer conquistar.  

Sem ele, é muito mais difícil fazer com que o usuário comece a interagir com o seu negócio e os produtos e serviços que você oferece. Afinal, na internet, há uma série de possibilidades e distrações.

O CTA incentiva o usuário a passar de uma página para outra ou sair do e-mail diretamente para o site. Para isso, o direcionamento deve ser feito de forma objetiva. 

Assim, a empresa tem mais chances de alcançar seus objetivos. Aumentando a captação de leads e a taxa de vendas. 

A captação ocorre principalmente por meio de formulários, que podem ser básicos, solicitando apenas nome e e-mail ou requerer dados mais complexos, como telefone, endereço e opções que sejam relevantes na sua estratégia.

Quando o usuário já estiver em fase de decisão, ou seja, pronto para fazer uma compra, o call também ajuda a influenciar essa ação final, facilitando o pagamento e a concretização da venda. 

Por exemplo, se a sua empresa oferece serviços de assinatura ou recorrência, um bom CTA eleva o índice de conversão, gerando mais assinaturas. 

Vale lembrar que a aparência do call to action é fundamental para que este alcance o seu propósito. Desse modo, ele pode aparecer em links, botões, banners e outras imagens que podem variar de tamanho.

 

Usos mais comuns

O call to action é bastante utilizado dentro de todo o funil de marketing digital. Por exemplo, nas landing pages podem direcionar o visitante para o seu cadastro de leads. Veja a seguir alguns exemplos.

 

Blog posts

Num blog post, o CTA pode ajudar o usuário a encontrar outros conteúdos que complementam o assunto que estiver lendo ou até mesmo levá-lo até um material rico, por exemplo. 

CTA no blog

 

E-mail marketing

Num e-mail marketing, você pode usar o CTA em forma de link ou botões para realizar ações diretas. Para ilustrar, um curso que está em fase de inscrições pode ter um call to action levando o usuário para a página de inscrições ou de pagamento. 

CTA no email

 

Material rico

Em materiais ricos, como infográficos, e-books, guias e demais PDFs, também podemos usar CTAs. Além de auxiliar na leitura, eles permitem complementar as ações do visitante, levando-o para seu site, para uma landing page ou fazendo-lhe ofertas relevantes de acordo com o estágio dentro do funil.

CTA no material rico

 

Consequências da falta de call to action

Não utilizar CTAs ou usar de forma correta gera problemas graves na sua estratégia. 

  • Landing pages com alta visitação e baixíssima conversão;
  • Aumento da taxa de rejeição do site;
  • Emails que se tornam desinteressantes por não levarem a lugar nenhum;
  • Elevação do custo por cliques dos seus anúncios que levam para páginas mal ranqueadas pelo Google.

Como você pode perceber, a importância dessas chamadas para ação vão além da simples ação do visitante, influenciando diretamente na qualidade da sua estratégia de marketing digital e nos resultados que ela pode oferecer.

 

Identifique os gargalos

Como vimos, a falta de um call to action eficaz pode ser um problema no marketing digital de muitas empresas. Sendo assim, um planejamento de qualidade precisa de bons CTAs para sobreviver, mas também de outros aspectos. 

Quer começar a usar CTA de forma eficiente e turbinar o marketing digital do seu negócio por completo? Preencha o formulário abaixo e peça o seu orçamento. Estamos aqui para ajudar você a identificar os gargalos da sua estratégia e a levar mais contatos para o seu time de vendas.


Até a próxima,
Felipe.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por Felipe

29 de janeiro de 2020

4 min. de leitura

Compartilhe:

Seja o primeiro a receber novidades!

Receba novos conteúdos por e-mail